A lingerie vermelha




Eu ia te esquecer, isso incluiria não pensar em você, não falar em você, não ligar pra você, te apagar de uma vez por todas da minha vida. Há dois dias eu estava tão decidida, tão confiante nesse processo de esquecimento, mas levei um bague, lá veio a saudade me dilacerar de novo. 


Ontem sai na rua, parei em uma loja, fui na sessão de peças íntimas, quando me espantei minhas mãos seguravam uma lingerie vermelha, tão linda, tão provocante, não hesitei, é lógico que eu iria comprar e é lógico que eu estava pensando em você, é lógico que eu estava pensando na gente, fui no caixa, paguei com o sorriso mais radiante do mundo que quase falava querendo dizer "Sim,  um príncipe me espera" peguei a sacola, balancei a sacola, sorri pra mim, sorri pra ninguém, sai da loja e um peso enorme caiu em cima de mim..."ele não era a merda de um príncipe" ele não era mais meu, eu estava em uma fase de esquecimento, aquela que a gente tenta arrancar a cabeça para tentar esquecer de coisas que a gente sabe que nunca esquece de verdade, mesmo sem cabeça. Tudo bem, faz parte, vou guardar essa coisa linda em um armário e esquecer, guardei, não esqueci, chorei, ela parecia gritar "me usa" Provei por provar, fiz caras e bocas no espelho e depois guardei. 


Tudo bem, eu não sinto mais falta dele mesmo, nunca achei que a gente combinasse mesmo, mentira! mentira! eu sinto falta todos os segundos e sempre achei que ficávamos perfeitos juntos. Ontem estava em casa, de repente quis me sentir mais bonita, essas coisas que a gente inventa pra querer dá a volta por cima, pintei as unhas de uma cor tão linda, elas estavam enormes, boa para te arranhar e te machucar, provei umas roupas novas e comecei a imaginar nosso próximo encontro, minha lingerie vermelha, minha saia nova, minhas unhas perfeitas, você ia gostar, eu tenho certeza, mais vem cá, homem repara em unha mesmo? Eu nem sei, mais é para você que gosto de me arrumar, você reparando ou não. O esmalte da cor do mar que pintei as unhas pra você olhar já saiu quase todo, usei minha saia em outro evento, você nem ligou, onde está todo aquele"Eu não sei viver sem você, eu não vou deixar você terminar comigo nunca?" Me fala onde essas palavras foram parar, me fala o planeta que você está.


Dizem que há pessoas que nos roubam, há pessoas que nos devolvem, você me roubou e não sabe me devolver, o que vou fazer sem mim, sem você? Hoje retoquei o loiro, fiquei tão fatal, você nem vai olhar, você nem quer olhar, perdi tanto peso, peguei tanto sol, meu coração doí, você nem quer saber, escolheu me esquecer, escolheu me anular de você. E você mudou? Sorriu ontem? Você esta feliz sem mim? Sua barba está grande? Queria tanto te ver, saber de você, não consigo seguir sem te ter. 


Esse meu processo de te esquecer todos os dias sai por aguá abaixo e cada dia fico mais louca pra ver o dia amanhecer e estar com você do lado da cama. Eu só queria todo aquele amor de antes, todas as juras e promessas de antes, todo aquele encanto, eu queria que a gente se perdesse de novo um no outro feito loucos sem querer se encontrar nunca mais. Eu não perco as esperanças, eu sou um mendigo esperando um pão, eu tenho certeza que você não vai me matar de fome.

Elen Abreu

15 comentários:

Everson Russo disse...

Nunca se deve perder a esperança...grande beijo de sabado pra ti.

Ana Eliza :) disse...

Eu acredito que esquecer é algo que depende de nós. No começo pode ser dificil, mas depois a gente se acostuma a não pensar mais.
Texto lindo, parabéns amiga.
beijos :*

Everson Russo disse...

Um excelente domingo e uma semana cheia de carinho e paz pra ti querida amiga...beijos.

Franck disse...

Qto tempo, Ellen! Senti sua falta,mas que bom, voltaste; aqui estou e espero que essa fome de amor seja saciada...
Bj*
PS: Uma novidade: Breve estou lançando um livro com textos que foram postados no blog, vc iria ao lançmento?

Ives disse...

Nossa, adorei o seu texto! parabéns, vc tem muito talento

F. jan disse...

Oi Elen! obrigada querida por ser minha seguidora!
Adorei seu blog, seus textos tem a ver comigo... também serei sua seguidora! seja sempre bem-vinda... abraços!

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Nossa!!!que texto lindoooo!!!!ameiii!!!amiga vc.arrasa em seus textos...parabéns!!!beijos queridaaaa!!!

Anna Williams disse...

Eu comecei um plano alimentar, mas academia eu sempre fiz e não consigo parar:-) Emagrecer não depende só da academia, pelo menos no meu caso. Eu tenho que diminuir as calor8ias senão não dá:-)

Daniel Savio disse...

Um pouco triste, mas nestes casos, só resta continuar...

Fique com Deus, menina Elen Abreu.
Um abraço.

Malu disse...

Elen,

Muito bom seu texto !
Saudades de você também ,menina doce.

:)


BjO Grande

F@bio Roch@ disse...

Olá querida Elen,

Venho agradeder-lhe a linda visita!!... o que achei quando aqui estive? Talento, lindo, sincero...

Te sigo!!!

Viva o presente. Viva bem!!
E o futuro será um dia,
o passado que você queria.

Abraço

F. Otavio M. Silva disse...

OI,muito interessante seu blog, to passando aki pq vi vc é seguidora do blog do meu amigo, Mailson, e por isso quero convidar vc para dá uma olhada no meu blog http://otaviomsilva.blogspot.com/
desde Já agradeço, Forte abraço

PS; Sigo de volta

Tainã Almeida disse...

Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos periodos mais marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso?

Visita o meu blog?

http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

Se gostar do meu Blog, segue lá, ficarei muiito feliz.
Desde já obrigada, atenciosamente Tainã Almeida.
Beijos e uma ótima semana.

Priscilla disse...

Querida amiga, passando para lhe desejar uma semana linda!
beijos meus

CARVIM NUNES ALMEIDA disse...

Esquecer, dói demais, é melhor o tempo apagar, se não tiver violência
física, pode ate ir levando, mas não muito apegado, vê se um não depende muito do outro, que pode até melhorar.
www.frasesemocionante.blogspot.com.br

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...