Sinta



Estar escurecendo e eu só tenho o escuro sobre mim
Posso gritar todos meus meus medos em segundos
Só espere um pouco, vou tirar a máscara para que você possa me ver...

Eu não sou como eles dizem que sou
Eu sai na chuva e não tive medo
Eu não tenho pavor dos pingos pontiagudos
e nem de carregar o frio
Você deveria perceber
Eu posso sentir tudo tão intenso aqui dentro

Ninguém consegue perceber quando eu digo que já não aguento mais
Nos meus olhos os sábios conseguem ver
Você deveria notar
Eu fui embora escapando do vendaval e me escondia do meu corpo todos os segundos.

Eu achei que me fugindo da dor eu não fosse senti-la.
Por favor, fica. Sinta comigo um segundo.
Prometo me comportar, ser uma boa garota.
Tudo isso se você sentir comigo.
Sinta.

2 comentários:

Ler para Divertir disse...

Lindo!!
Abraços,
Gisela
@lerparadivertir
Ler para Divertir

António Jesus Batalha disse...

Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns,
também agradeço por partilhar o seu saber, se achar que merece a pena visitar o Peregrino E Servo,também se desejar faça parte dos meus amigos virtuais faça-o de maneira a que possa encontrar o seu blog,para que possa seguir também o seu blog. Paz.
António Batalha.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...