Olhos



Meus olhos estão perdidos.
Preciso encontrá-los.
Na solidão da alma
Tenho que agitá-los
Mesmo que pareçam  petrificados.
Ainda podem brilhar
Se paz encontrar
E parar de chorar.
Rumo ao sossego meus olhos castanhos, tão longes, vão voar.
Na ânsia de pelo ao menos suportar, se entregar ao brilho das coisas.
Óculos escuros, de vidros e tão fundos, vão se fazer ausentes.
Na nova vida de sentimentos sem lentes.
Olhos
Duas bolas que sorvem o universo
Olhos que podem purpurizar, se da minha vida me livrarem o verso.
Olhos que perderam o mistério
Que rodam, piscam
Se encontram tão retos e brilhantes.
Duas petecas de fundo radiantes.
Meus olhos que de tão sozinhos,
sentem fome, sede.
Que de amigo só tem o pé.
Quase um semi coma.
Olhos que só querem brincar, de enxergar vida nas coisas.
Mas estão perdidos, vou repetir.
Alguém precisa arrancá-los e livrá-los dali.

Elen Abreu

11 comentários:

Dorival disse...

Muito bom o texto! lindo mesmo, queria ter esse dom.. saber escrever.. compor textos e musicas! Parabens!

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Elen.Começo o meu comentário reclamando, rs! Por que não avisou que havia voltado?????
Agora, o meu comentário de fato!
O seu blog está lindo, um arraso! Até o meu filho que não gosta de blog, viu o seu e achou "maneiro", disse que as folhas de caderno ficaram ótimas. Eu tenho de concordar, pois você deu mais vida com essa repaginada!
Pensarei se te perdoarei, rs!
Que poema profundo, um dos mais profundos que eu já li seu, e digo que os olhos refletem absolutamente o nosso estado de espírito, e por mais que queiramos disfarçar, não tem jeito, eles entregam.
Os olhos são delatores, e isso é bom, pois monstra a sinceridade da nossa alma, sem confusões ou enganos.
Seus olhos vibrarão na hora certa, encontrarão um alento, que permitirá que o brilho resplandeça por todos os lados.
Você é amor, escreve com amor, e ele sintonizará com você na hora certa. Logo, os seus olhos transmitirão a vida que tanto anseia!
Parabéns, e um beijo imenso na alma!

Patrícia Pinna disse...

Observação: Eu gostava mais quando o comentário ia direto, daí eu poderia reler o meu comentário, rs!
Tirando isso(que é um gosto meu), está PERFEITA E ACONCHEGANTE A SUA CASA NOVA!
Beijos, de coração!

Everson Russo disse...

Um olhar que procura se encontrar no mundo..na alma,,nos sentimentos mais puros de desejos...beijos amiga e um dia de paz pra ti.

Tatiane Salles. disse...

Olhos.

Olhos.
São apenas aqueles que me veem, sem ver.
Aqueles que me escutam, sem voz.
Olhos, intrigantes e misteriosos são os seus.
Olhos sadios, que me leem,
Que me adoram, que me "odeiam",
Que me olham!
Que são "cegos", mas me percebem.
Olhar que, sentidos, não difere.
Olhos sem rumo, vazios,
Escuros olhos.
Enigmático e displicente aos, que, com ele, sem prestígio.
Tão meigos olhos.
Sarcásticos, irônicos, talvez.
Olhos que me entendem
Que me fazem freguês.
Olhos que permanecem Só Para Dizer que estão presentes,
Mas que sobretudo, são lindos!
Lindos olhos são os seus.
Pálpebras que se descolam ao ver,
Pupilas que se cobrem, e me enxergam ao mesmo instante.
Olhos que não me querem machucar,
Que também sofrem, que tem medo...
Olhos...
São esses mesmos olhos, que merecem o olhar dos meus.

Tatiane Salles.

Amo tudo o que você escreve. Você é uma menina com mãos de fadas. Que seus olhos se revertam e encontre toda luz que precisam.
Desculpas se demorei a passar pelo seu universo encantado. É que me perco diante de versos, blogs, cada um mais bonito que o outro... Mas nunca te esqueci, minha querida. Com textos como os seus, é impossível. Obrigada por compartilhar tudo aquilo que te vem, você nem imagina o quanto nos faz bem e traz o Alívio Imediato.

PS: Ameeeeei sua layout nova. É sua cara.
Parabéns, parabéns e parabéns.

Uma abençoada quinta-feira.
Um grande abraço.
Sua fã:
Tati.

http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

Att.

Priscila Lima disse...

Belo poema *-*
Gostei bastante do seu Blog e estou seguindo!

Beijos

Daniela disse...

Olá, Elen! Muito obrigada por seguir meu blog, adorei o seu também e gostaria muito de seguí-lo, só que não encontrei a caixinha de seguidores :(

Beijinhos! Você escreve super bem!

Everson Russo disse...

Um excelente final de semana pra ti minha amiga,,,entre flores e versos...beijos.

Jéssica do Vale disse...

Deixa teus olhos namorar
Tenha certeza que assim,
eles irão se encontrar.

Zilani Célia disse...

OI ELEN!
QUE TEXTO PROFUNDO, SOFRIDO, UMA MULHER QUE AMA DEMAIS, MAS DESISTE DO SEU AMADO, AO PERCEBER, A NÃO RECIPROCIDADE NOS SENTIMENTOS...
MUITO LINDO!
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Ari disse...

"Luz Dos Olhos"
(Nando Reis)

Ponho os meus olhos em você
Se você está
Dona dos meus olhos é você
Avião no ar
Um dia pra esses olhos sem te ver
É como chão no mar
Liga o rádio à pilha, a TV
Só pra você escutar
A nova música que eu fiz agora
Lá fora a rua vazia chora

Pois meus olhos vidram ao te ver
São dois fãs, um par
Pus nos olhos vidros para poder
Melhor te enxergar
Luz dos olhos para anoitecer
É só você se afastar
Pinta os lábios para escrever
A sua boca em minha

Que a nossa música eu fiz agora
Lá fora a lua irradia a glória
E eu te chamo, eu te peço: Vem!
Diga que você me quer
Porque eu te quero também!

Passo as tardes pensando
Faço as pazes tentando
Te telefonar
Cartazes te procurando
Aeronaves seguem pousando
Sem você desembarcar
Pra eu te dar a mão nessa hora
Levar as malas pro fusca lá fora?

E eu vou guiando
Eu te espero, vem?
Diga que você me quer,
Porque eu te quero também.
E eu te amo!
E eu berro: Vem!
Grita que você me quer
Que eu grito também!
Hei! Hei!?

E eu gosto dela
E ela gosta de mim
Eu penso nela
Será que isso não vai ter fim?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...