Eu dou chances, para as pessoas que erraram comigo mudar. Se elas não aproveitam, eu não posso fazer nada. E quando as chances acabam, nada pode dá jeito, nada mesmo. Ouros, mimos, palavras doces. Nada me vale a partir de então. Porque quando eu quero céu, não me adianta ser terra.

Elen Abreu

2 comentários:

Júh Britto ♥ disse...

Que lindas suas autorias Elen adorei
uma ótima tarde bjos

http://jhdocemel.blogspot.com/

Tatiane Salles. disse...

Olá, Elen. Você me lembra a Tati Bernardi. Doce e direta. Parabéns!

Uma linda terça, forte abraço.
Tati.

Att.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...