Olha só o amor pegando fogo e eu segurando um copo de aguá. Fria, tão vadia pra esse amor. Dor que arrepia, não quero calor. Partir, é o que me resta, pra me proteger, preguiça de deixar florescer algo aqui dentro. Errado, sempre machuca, muita água para o novo jardim, e eu não quero desperdiçar nada.

Elen Abreu

4 comentários:

Anna Williams disse...

Ellen :-) Querida!!!!!! Adorei este post! Eu acredito no amor a qualquer preco especialmente no amor sem preco :-) Obrigada pelo apoio no meu blog!

A.S. disse...

Não desperdices nenhuma gota! Dentro de cada uma delas cabe um universo de sensações...

Beijos,
AL

APENAS PALAVRAS disse...

Quando o sol se esconder
Quando a chuva molhar
Eu quero estar,junto a você no seu lindo espaço a contemplar tuas sabias palavras.
Se a terra tremer, se o mar invadir...
E se o mundo acabar, ainda assim ficarei a contemplar tuas palavras... Quando a chuva abrandar, e o sol aparecer
Quando as águas baixarem, esteja onde estiveres
Quero estar lá, bem junto a você a dizer! Obrigado minha pequena poeta por tuas sabias e lindas palavras.
DEIXO-TE UM CARINHO E AFETUOSO BJ EM TEU CORAÇAOZINHO E QUE TENHA UM ÓTIMO E EXCELENTE FINAL DE SEMANA.

APENAS PALAVRAS disse...

CONVIDO-A A FAZER PARTE DO MEU BLOG....JA ESTOU SEGUINDO O SEU MARAVILHOSO ESPAÇO....BJ

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...