Se eu pudesse



Se eu pudesse te ver meu bem toda vez que sinto saudade. Te confesso que você não sairia do meu lado.


Se eu pudesse te beijar toda vez que sinto vontade. Te confesso que nossos lábios permaneceriam eternamente grudados.

Se eu pudesse te abraçar em cada noite fria. Te confesso que que nossos corpos colariam.


Se eu pudesse te amar todo vez que sinto desejo. Te confesso que a nossa cama seria nosso berço de desejos insanos.


Se pudesse te respirar toda vez que preciso do seu cheiro. Te confesso que meu nariz não teria sossego.

Se pudesse toda noite sonhar com você. Te confesso que despertar logo cedo eu não ia querer.


Se eu pudesse te ter aqui, agora, o chão ia tremer. Te confesso que  iria ser tesão total o sexo que a gente ia fazer.


Se pudesse te falar tudo que eu venho sentido, você ia se assustar. Te confesso que as palavras seriam poucas pra expressar. Então vou resumir, meu coração está completamente apaixonado por ti.

Elen Abreu

12 comentários:

Machado de Carlos disse...

Belo texto. Uma crônica bela mostrando a realidade de uma saudade. Uma saudade que teria fim se estivesse lado a lado.
A vontade de beijar, uma união de beijos eternos. Beijos que dois corpos poderiam se transformar num corpo só. Seria uma eternidade de desejos!
Obrigado sempre pela sua companhia!

Beijos!...

Arnoldo Pimentel disse...

Existem tantas coisas que queremos fazer. Beijos

Everson Russo disse...

E como é bom assim,,,poder sonhar com os mais perfeitos momentos,,,sentimentos,,,mas na verdade,,,quem tem a poesia a tudo pode...grande beijo de bom sábado pra ti.

нєllєи Cαяoliиє disse...

tanta coisa que ansiamos em fazer e muita coisa nos impedem,mas se persistirmos,conseguiremos :)
Beijos,Flor

Ricardo Steil disse...

Desejamos tantas coisas, sonhamos com tantas coisas, ansiamos por tanto. Mas é isto que faz da vida esta graça plena, o eterno sonho, a possibilidade da conquista. Lindo texto, e com um final maravilhoso. Parabéns, Elen.

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Ives. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

http://narroterapia.blogspot.com/

Improvisos de um louco disse...

Olá, elen, primeiro quero te agradecer pelo carinho da visita lá no "improvisos", e em segundo quero dizer que este será visitado por mim, sempre q eu puder...

bjs....

Amanda Andreato disse...

Obrigada pelo comentário e pelo carinho,sei sim que o tempo fará tudo melhorar....
ai como adoro ler as postagens do seu blog, a de hoje em especial fala justamente o que ando sentindo e querendo gritar para os 4 ventos..
bjux boa semana para vc..

:$ Carloos ' disse...

gostei do blog :]'
visita o meu, segue ou comenta se quiser :
http://carlosyurii.blogspot.com/ volto quando puder :}

Thay Negrão disse...

Bela declaração!
Quando se está apaixonada a gente quer fazer tantas coisas, mas o melhor de tudo isso é amar sem medidas!!!

Beijo Grande!!!!!

A.S. disse...

Bela, intensa, sensual, excitante...
Tuas palavras são doces caricias deslizando sobre a pele!


Beijos meus...
AL

Ari disse...

"Ah, Se Eu Pudesse"
Roberto Menescal-Ronaldo Bôscoli)

Ah!, se eu pudesse te buscar sorrindo
E lindo fosse o dia, como um dia foi
E indo nesse lindo, feito para nós dois
Pisando nisso tudo que se fez canção

Ah!, se eu pudesse te mostrar as flores
Que contam suas cores para a manhã que nasce
Que cheiram no caminho quem falasse
As coisas mais bonitas para a manhã de sol

Ah!, se eu pudesse, no fim do caminho
Achar nosso barquinho e levá-lo ao mar
Ah!, se eu pudesse tanta poesia
Ah!, se eu pudesse, sempre, aquele dia

Ah!, se eu pudesse te encontrar serena
Eu juro, pegaria sua mão pequena
E juntos vendo o mar
Dizendo aquilo tudo, quase sem falar.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...